Configurando o Azure File Sync

Pessoal, nesse post vou apresentar como fazer a configuração do Azure File Sync, vou simular em dois servidores, um servidor estará no datacenter EAST US, e outro no WEST US, e minha conta de Armazenamento será hospedada no WEST US.

Primeiramente vamos aos requisitsos

  • Windows Server 2012 R2 ou superior
  • PowerShell 5.1 ou superior, no 2012 R2 é necessária a instalação do seguinte WMF (5.1)
  • Acesso a internet (um pouco óbvio)
  • Módulo Azure RM instalado
  • Storage Account (ou seja um storage no Azure)

Então mão na massa!

Os seguintes passos devem ser executados em TODOS, servidores que participarão do Grupo de Sincronização!

Primeiro passo

Instalação do módulo do PowerShell (Azure RM), com o seguinte comando:

Install-Module AzureRM

Após instalado o módulo, devemos desativar o Internet Explorer Enhanced Security Configuration

Pronto o servidor está preparado para receber o agente do Azure File Sync!

Agora vamos criar o recurso no painel do Azure, pesquisando por Azure File Sync

Preenchemos as informações:

  • Nome: Um nome exclusivo (por assinatura) para o Azure File Sync.
  • Assinatura: A assinatura na qual você deseja criar o Azure File Sync.
  • Grupo de recursos: O grupo de recursos para o Azure File Sync.
  • Localização: A região na qual você deseja implantar o Azure File Sync. (No momento dessa publicação ainda não estava disponível no Brasil!

Agora devemos acessar o Azure File Sync, e na aba Registered Servers, baixar o agente para instalação nos servidores.

Então vamos realizar a instalação do agente em todos servidores do grupo de sincronização

Após instalado vamos proceder com a configuração, precisamos logar com nossa conta do Azure, se você for cliente CSP (Cloud Solution Provider) deverá marcar a opção

Então selecionamos, a Assinatura, o Resource Group, e o nome do Azure File Sync criado anteriormente

Pronto! Servidor registrado!

Agora vamos criar as pastas onde serão armazenados os arquivos Sincronizados

Nesse caso criei a seguinte pasta C:\Dados\TI em todos servidores

Agora voltamos ao painel e podemos ver os servidores registrados

Agora vamos criar um Azure Files, com a pasta de sincronização, no meu storage ontheclouddados, criei o seguinte compartilhamento

Agora voltamos ao Azure File Sync e vamos configurar os Sync Groups


Criado o Sync Group, vamos adicionar os “Servers Endpoint” que são os servidores registrados anteriormente, ele alertou que estou utilizando um Disco de SO, e isso não é recomendado. Devemos sempre adicionar um novo disco para dados.

Na opção Cloud Tiering, podemos definir que um arquivo, por exemplo, que não seja acessado ou modificado por mais de 30 dias, fique somente na nuvem e apenas uma referencia local, dessa forma “economizando” espaço local.

Finalizada a configuração, vamos colocar um arquivo em um dos servidores, e o mesmo será replicado para o Azure Storage, e para o outro Servidor! Bacana né? Ele é parecido com o DFS utilizado em servidores Windows, mas com mais um Endpoint que é o Azure, e vários recursos do Azure agregados!

Muito bom né? Agora podemos replicar dados ente local e nuvem de maneira fácil!

Até a próxima!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *